Projetos

Educação / Graded School


Foi inaugurado no dia e 1º de junho, a unidade do Hospital Mater Dei Contorno.

Áreas de Atuação

Ciência
Tecnologia
Sustentabilidade

Educação
Cultura
Arte

Habitação

Industria

Saúde

Ciência / Tecnologia / Sustentabilidade
Educação / Cultura / Arte
Habitação
Industria
Saúde

Conceitos

Aço

A Zanettini Arquitetura é pioneira e reconhecida mundialmente por desenvolver projetos inovadores com soluções de estruturas metálicas espacialmente ricas e conceitualmente corretas. O que foi possível em virtude de um apurado domínio das técnicas construtivas, selecionadas e aplicadas com indiscutível rigor, conforme as características de cada obra, cada lugar e de cada material a ser utilizado.

Característica inerente à estrutura metálica, explorar o tridimensional é a própria essência da arquitetura. A geometria espacial conseguida com a articulação de peças estruturais dispostas nas três dimensões é a forma mais correta de explorar o aço em seu esplendor, e o vazio assim determinado será o espaço resultante, matéria prima da própria arquitetura. A linguagem do aço é a linguagem do vazio.

Um pouco de história
Sempre em busca do desenvolvimento e da aplicação de novas tecnologias, na década de 70,o arquiteto Zanettini se voltou para a área de projetos industriais. Realizou projetos para cerca de 50 indústrias com novos sistemas pré-fabricados, que envolviam composições de telha de cimento e aço.

Em 1972, Zanettini foi convidado pela fábrica de autopeças De Maio Gallo para realizar uma nova planta fabril, em Cumbica, Guarulhos, SP. Nessa época, o arquiteto já havia feito algumas experiências isoladas com o aço. Tendo sido solicitado para definir o sistema construtivo mais adequado à execução rápida da obra, optou pela liga metálica, apresentou o orçamento e constatou, junto ao cliente, que o aço era mais barato. A construçao em estrutura metálica iria contribuir, também, para eliminar pilares, fechamentos e fundações. Um detalhe: havia somente dois meses para construir as fundações e 35 dias para montar a fábrica. Números que representavam uma revolução naquela época. O projeto deu certo e, aos poucos, o arquiteto Zanettini foi construindo a história da arquitetura em aço no Brasil.

“Nas minhas experiências, vi que estava tudo ao contrário, não se ensinava aço nas escolas, não tinha professor e nem literatura disponível sobre o assunto. Fui experimentando com o material; fui fazendo e foi dando certo”, Siegbert Zanettini.

Arquitetura contemporânea em aço
Em todo o mundo a arquitetura mais significativa de estádios, terminais aeroviários, estações ferroviárias e rodoviárias, museus, ginásios, centros culturais, escolas, edifícios comerciais, torres de transmissão de rádio e TV, pontes, passarelas, pavilhões de exposições, feiras, centros de convenções e inúmeras outras tipologias de edificações utilizam sistemas estruturais em aço. Obras magníficas vem sendo executadas, concretizando o que existe de mais atual formal e tecnologicamente. O Centro Pompidou dos Arq. Richard Rogers e Renzo Piano, no começo da década de 70, inicia a escalada da arquitetura contemporânea. No estágio recente das importantes obras em aço, destacam-se a pirâmide do Louvre do Arq. I.M. Pei, o Hong Kong Bank do Arq. Norman Foster, o aeroporto de Kansai do Arq. Renzo Piano, a Estação do Oriente em Lisboa do Arq. Santiago Calatrava e o Museu Guggenhein de Bilbao do Arq. Frank O. Gehry.

No Brasil, o edifício da Casa de Comércio de Salvador, o prédio do Centro Cultural Itaú, a Estação do Largo 13, o Centro Empresarial do Aço, Fábrica Natura, Edifício Escolar Universidade Anhembi Morumbi, Ipel Fábrica de Pincéis e Embalagens, Memorial da Imigração Japonesa, entre outros. Da autoria da Zanettini Arquitetura são referências importantes de experiências com estrutura metálica: Industria De Maio Gallo , Centro Esportivo Telesp, Sede Zanettini, Clínica Pistelli ,Escolas Panamericanas de Artes da Rua Groenlândia e Av. Angélica, o novo Atrium do Hospital Albert Einstein em São Paulo, e o Monorail do Barra Shopping no Rio de Janeiro, Cenpes - Ampliação do Centro de Pesquisas- Petrobras em co-autoria com o arquiteto José Wagner Garcia, Nova Reitoria da Unicamp, Centro de Pesquisas Schlumberger Brazil Research & Geosciences Center , Fórum do Meio Ambiente e da Fazenda Pública do Distrito Federal em Brasília, entre outros. Referências importantes de experiências com estrutura metálica que atestam um patamar tecnológico alinhado às melhores práticas no exterior.

Como perspectivas próximas, além de destacar todo o aparato técnico hoje consolidado nas áreas de ensino profissional, com arquitetos e engenheiros já preparados para atuar com larga experiência nessa tecnologia, já possível identificar uma cadeia produtiva - siderúrgicas, fábricas de componentes industrializados tais como lajes pré-fabricadas, painéis de fechamento, divisórias leves, caixilharia, forros, pisos e revestimentos, além de construtoras especializadas – e pode-se afirmar que o caminho de construir com aço de forma mais rápida, mais eficaz, mais limpa, mais barata e mais segura está aberto.

Com o surgimento de aços estruturais de alto desempenho, com os avanços na tecnologia de solda proporcionando maior competitividade nos perfis soldados e conformados à frio, com o lançamento de novos perfis eletrosoldados, com as recentes normas da ABNT referentes à proteção contra fogo, somados à uma política sadia na taxação de produtos industrializados, revisão nas formas de financiamento e um aprofundamento na produção e difusão do conhecimento nas universidades, entre os profissionais e empresas, é possível afirmar que o aço será o material estrutural por excelência para o século XXI.

Mídia

Localizador de Projetos

O Artista | Prêmios | Livros | Clipping | Linha do Tempo | Vídeos
Selo Zanettini